Instituto Ayahuasca

    O INSTITUTO AYAHUASCA foi criado originalmente com a finalidade de manter vivas as práticas do Conhecimento Superior entregues pelos Mestres autorizados formadores da Muralha dos Mestres Ressurectos, responsáveis pela guarda e entrega da Chave Sexual da Ascensão Medular e do Autoconhecimento interior embasado na Ética mais além do positivo e negativo mental, bem e mal religioso ou certo e errado social, sendo em suas origens perdidas a utilização das Plantas de Sabedoria como a Cerveja Egípcia e Nórdica, o Vinho Grego e Cristão e o Hidromel Celta e Bretão, sendo a Sagrada Ayahuasca a planta atual utilizada para a expansão da da Percepção mais conhecida como consciência.

    A Ayahuasca preenche o vácuo formado pela falta de resultado prático, adquire-se maior compreensão sobre os processos psicológicos errôneos, facilitando sua eliminação, ampliando o auto conhecimento de si mesmo e o contato com sua Divindade Particular nas outras dimensões da natureza e fazendo com que cada qual torne-se realmente senhor de si adquirindo a capacidade de afastar pensamentos, sentimentos e desejos da mente, coração e sexo.

    A Instituição é aberta a todos aqueles que vêem que estão defasados no seu trabalho interior, estudantes sinceros de todas as ordens e religiões, esoteristas ou não e que queiram conquistar e ampliar aquilo que tem lido em livros sagrados e ocultistas, aos que querem objetivar suas práticas do lar para que suas práticas tornem-se cada vez mais intensas e duradouras devido às novas sinapses cerebrais adquiridas com a Força e a Luz ayahuasqueiras

    Primeiramente montado para um grupo restrito de Estudantes que receberam as Técnicas para o Despertar da Consciência, atualmente é aberta ao público após ter sido autorizado seu funcionamento nos mundos internos como Escola de Conhecimento Superior, cumprindo com um dos Requisitos Fundamentais do Despertar Interior e dividindo aquilo que foi aprendido com os demais. O Instituto Ayahuasca longe de ser uma instituição religiosa, é sim um Templo-Escola que possui suas práticas místicas e sua linha de conhecimento próprio bem definido, em que se utiliza a Ayahuasca (Vinho das Almas) com a finalidade de auxiliar no aprendizado do Conhecimento Interior, bem como avançar nas práticas de Relaxamento, Concentração, Viagem Astral e Meditação, pois o Jahré é a principal planta professora espiritual, e foi autorizado dos mundos internos a ser entregue a Humanidade como poderoso recurso para comprovar os conhecimentos dos Mestres que passaram pela humanidade.

    Pertencente à Cultura Maia, perdeu sua originalidade ritualística ao chegar da Amazônia Andina à Amazônia Brasileira, na década de 1950, ao formar um sincretismo entre a pajelança indígena brasileira com rituais cristão-evangélicos e associados a práticas espíritas, resultando a forma religiosa do Daime, devido aos primeiros hinários utilizando o verbo “dar”, cantado em frases como “dai-me Força... dai-me Luz...”, o qual tem por base auxiliar na concentração para facilitar a “miração” (visões), a qual vem do verbo em espanhol “mirar”, que significa ver. A Cultura Solar Incaica nunca utilizou da mediunidade (incorporação de espíritos desencarnados) em seus rituais, porém sim, abriu faculdades como a clarividência, clariaudiência, telepatia, intuição e  tinham sim similaridade à cristandade primitiva, porém sem seu radicalismo medieval europeu trazido pelos clérigos espanhóis de destruição cultural ancestral.

    Nas Práticas de Consciência Ampliada com o Jahré, o Instituto Ayahuasca utiliza-se das Três chaves do Autoconhecimento, para que cada qual receba informações mais precisas de seu Íntimo. A Primeira Chave de Maravilhas é a Eliminação das expressões e manifestações do Ego (Ira, Inveja, Orgulho, Preguiça, etc...), que depois de observados estas formas vivas de pensamentos, sentimentos e ações negativas, mecânicas, são eliminadas através do pedido do estudante a Força feminina da Divindade (Maria, Maia, Ísis).

    A Segunda Chave é o Segredo do Controle, Armazenamento e Utilização da Energia contida dentro da Força Sexual, a Transformação da Energia Bruta do relacionamento sexual comum, em uma Energia de altíssima qualidade do relacionamento sexual superior, entre esposo e esposa, evitando a perda da energia sexual contida no líquido sexual, sacrificando o orgasmo fisiológico, e através de técnicas respiratórias, elevarem esta energia pela medula espinhal até o cérebro.

    A Terceira Chave Revolucionária é Jamais comercializar com o Sagrado, com o Espiritual, com aquilo que se aprende em outras dimensões, com o Conhecimento dos Livros Sagrados, bem como comercializar com as plantas sagradas.

    O Instituto Ayahuasca faz saber ao público em geral, que neste local, a contribuição para o ressarcimento da Ayahuasca é voluntária, somente para a reposição da mesma, sendo que os estudantes que não possam fazê-lo são auxiliados por aqueles que têm maiores condições financeiras, pois compreendem a importância de todos poderem ter acesso ao Conhecimento Superior através das práticas com esta bebida sagrada para auxiliar no Despertar da Consciência. Atualmente esta Instituição adquire a Ayahuasca (Jahré), porém se está providenciando plantio próprio, para logo servir esta bebida sagrada gratuitamente, cumprindo com o objetivo traçado, que é entregar as chaves do conhecimento superior revolucionário, juntamente com as práticas místicas facilitadas com a Ayahuasca, à Humanidade, sem distinção de credo, cor, raça, sexo, sem segundos interesses e sem fins lucrativos.

     No frontispício do Templo de Delfos, na Grécia Arcaica, Templo de Apolo lia-se: “Oh homem, conhece a ti mesmo e conhecerás o Universo e os Deuses” sendo que o único e primordial requisito para a admissão ao Autoconhecimento  “A confissão das intenções ocultas”

     A pergunta é:  “Qual tua intenção em querer tomar Ayahuasca?”