Instituto Ayahuasca

    O INSTITUTO AYAHUASCA foi criado com a finalidade de manter vivas as práticas do Conhecimento Superior entregues pelos Mestres Cristificados formadores da Muralha dos Mestres Ressurectos, responsáveis pela guarda e entrega das Chaves do auto conhecimento, do Conhecimento Superior e a utilização da Ayahuasca (Jahré), pois com a Ayahuasca preenche-se o vácuo formado pela falta de resultado prático, adquire-se maior compreensão sobre os processos psicológicos errôneos, facilitando sua eliminação, ampliando o auto conhecimento de si mesmo em outras dimensões e fazendo com que cada qual seja senhor de si próprio, de seus veículos como o corpo físico e astral. A Instituição é aberta a todos aqueles que vêem que estão defasados no seu trabalho interior, estudantes sinceros de todas as ordens e religiões que queiram conquistar e ampliar aquilo que tem lido em livros sagrados e ocultistas, àqueles que quer objetivar suas práticas do lar, sendo isto é possível, uma vez que se diminui a quantia ingerida de Ayahuasca, pois as práticas tornam-se cada vez mais intensas e duradouras, devido às novas sinapses cerebrais.

    Originalmente montada para um grupo restrito de Estudantes que receberam as Técnicas para o Despertar da Consciência, atualmente é aberta ao público após ter sido autorizado seu funcionamento nos mundos internos como Escola de Conhecimento Superior, cumprindo com um dos Requisitos Fundamentais do Despertar Interior, que é dividir aquilo que foi aprendido com a prática. O Instituto Ayahuasca longe de ser uma instituição religiosa, é sim um Templo-Escola que possui suas práticas místicas e sua linha de conhecimento próprio bem definido, em que se utiliza a Ayahuasca (Vinho das Almas) com a finalidade de auxiliar no aprendizado do Conhecimento Superior, bem como avançar nas práticas de Relaxamento, Concentração, Viagem Astral e Meditação, pois o Jahré é a principal planta professora espiritual, e foi autorizado dos mundos internos a ser entregue a Humanidade como poderoso recurso para comprovar os conhecimentos dos Mestres que passaram pela humanidade.

    Pertencente à Cultura Maia, perdeu sua originalidade ritualística ao chegar da Amazônia Andina à Amazônia Brasileira, na década de 1950, ao formar um sincretismo entre a pajelança indígena brasileira com rituais cristão-evangélicos e associados a práticas espíritas, resultando a forma religiosa do Daime, devido aos primeiros hinários utilizando o verbo “dar”, cantado em frases como “dai-me Força... dai-me Luz...”, o qual tem por base auxiliar na concentração para facilitar a “miração” (visões), a qual vem do verbo em espanhol “mirar”, que significa ver. A Cultura Solar Incaica nunca utilizou da mediunidade (incorporação de espíritos desencarnados) em seus rituais, porém sim, abriu faculdades como a clarividência, clariaudiência, telepatia, intuição e  tinham sim similaridade à cristandade primitiva, porém sem o radicalismo da cristandade medieval européia trazida pelos clérigos espanhóis e portugueses. Lembramos que estes mesmos clérigos destruíam com o seu fanatismo e radicalismo as civilizações serpentinas maias, incas e astecas.

    Nas Práticas de Consciência Ampliada com o Jahré, o Instituto Ayahuasca utiliza-se das Três chaves do Autoconhecimento, para que cada qual receba informações mais precisas de seu Íntimo. A Primeira Chave de Maravilhas é a Eliminação das expressões e manifestações do Ego (Ira, Inveja, Orgulho, Preguiça, etc...), que depois de observados estas formas vivas de pensamentos, sentimentos e ações negativas, mecânicas, são eliminadas através do pedido do estudante a Força feminina da Divindade (Maria, Maia, Ísis).

    A Segunda Chave é o Segredo do Controle, Armazenamento e Utilização da Energia contida dentro da Força Sexual, a Transformação da Energia Bruta do relacionamento sexual comum, em uma Energia de altíssima qualidade do relacionamento sexual superior, entre esposo e esposa, evitando a perda da energia sexual contida no líquido sexual, sacrificando o orgasmo fisiológico, e através de técnicas respiratórias, elevarem esta energia pela medula espinhal até o cérebro.

    A Terceira Chave Revolucionária é Jamais comercializar com o Sagrado, com o Espiritual, com aquilo que se aprende em outras dimensões, com o Conhecimento dos Livros Sagrados, bem como comercializar com as plantas sagradas.

    O Instituto Ayahuasca faz saber ao público em geral, que neste local, a contribuição para o ressarcimento da Ayahuasca é voluntária, somente para a reposição da mesma, sendo que os estudantes que não possam fazê-lo são auxiliados por aqueles que têm maiores condições financeiras, pois compreendem a importância de todos poderem ter acesso ao Conhecimento Superior através das práticas com esta bebida sagrada para auxiliar no Despertar da Consciência. Atualmente esta Instituição adquire a Ayahuasca (Jahré), porém se está providenciando plantio próprio, para logo servir esta bebida sagrada gratuitamente, cumprindo com o objetivo traçado, que é entregar as chaves do conhecimento superior revolucionário, juntamente com as práticas místicas facilitadas com a Ayahuasca, à Humanidade, sem distinção de credo, cor, raça, sexo, sem segundos interesses e sem fins lucrativos.

    O Instituto como Templo-escola tem seus professores, mestres de mistérios maiores e mestres Cristificados bem como os professores Jagube e Chacrona, é escola fisicamente no sentido de que são entregues as informações do que ocorrerá durante o uso da Ayahuasca, da aula que se terá no astral. Como escola no astral, é similar a escola física, possui salões de aula, chamada, corpo de doutrina, metodologia, planos de aula semestrais, cronogramas, etc e etc, possui diretoria e é orientada diretamente pelo Tribunal da Justiça Divina, onde uma das 43 oficinas dos Jerarcas da Lei acompanha tudo que ocorre na escola no físico e no astral. Também tem sua área interna, seu templo, que conecta diretamente ao Tibet, e ainda seus rituais no astral próprios, como missas que são às sextas-feiras e domingo na Aurora realizadas na Catedral da Alma, na Igreja . O estudante quando entra preenche uma ficha de dados, que no mundo astral repercute como uma matrícula na escola com validade para 3 meses e após este tempo, se não freqüenta as aulas é desligado automaticamente cessando o fluxo de força astral deste Templo-escola para a pessoa, porém pode realizar nova inscrição e voltar a receber esta força. Por incrível que pareça os estudantes, após um tempo de freqüência a este local, aprendem a “canalizar” a Ayahuasca em seus lares quando não podem vir às aulas (ensino a distância). Tudo isto faz parte deste maravilhoso local sendo que foi dito no interno que nunca antes, nesta raça, houve um local que conseguiu unir o uso de substâncias superiores para potencializar o ensinamento superior passado de lábios a ouvidos pelos mestres no sistema escolar templário.

    No frontispício do Templo de Delfos, na Grécia Arcaica, Templo de Apolo (O Cristo Grego) lia-se:

    “Oh homem, conhece a ti mesmo e conhecerás o Universo e os Deuses”

     Sendo que o único e primordial requisito para a admissão ao Autoconhecimento era:

    “A confissão das intenções ocultas”

     A pergunta que resta atualmente é:

    “Estudante, qual sua intenção em querer tomar Ayahuasca?”