grande obra, obra, instituto ayahuasca, ayahuasca, daime

    FUNDAMENTOS:

2. Ética Dissolutiva:

Ética são os princípios internos de cada ser humano mais além do bem e mal religioso, do falso e verdadeiro moral e do certo e errado social, é aquilo que deve (ou não) ser feito independente do que apregoe religião, dite a moral ou defina a sociedade.

A Ética não está presa ao tempo e é o que une o Estudante a sua Divindade Particular (Ser) e o torna Mensageiro desta Divindade (Boddhisattwa) para entregar com precisão os Conhecimentos de sua Divindade para a Humanidade.

É a Ética filha do Silêncio e nascida da Reflexão Evidente de Ser sendo a direcionadora da vontade tornando a ação acertada em qualquer época ou circunstância da vida.

Quando a Ética é unida a Lembrança Íntima que se tem um Ser e um Trabalho com este Ser, torna o Estudante íntegro em pensamento, sentimento e ação tornando-se um ser humano útil a si, a sua Divindade e a Humanidada.

A Ética vivida no momento é corretora dos erros presentes que intentam agir por meio de pensamentos e sentimentos e sanadora das dores passadas e das angústias futuras.

A Ética é Dissolutiva quando o Boddhisattwa corrige suas ações em nome de sua Divindade e podendo apelar à Força desta Divindade para que queime, desintegre, destrua o erro em questão.

A Compreensão é fruto da pujança da Ética sobre o que é antiético dentro da mente, coração e sexo e ampliada com a Sagrada Ayahuasca nas práticas de Relaxamento, Concentração, Meditação.

Compreender e dissolver erros é fundamental na marcha da vida para o máximo aproveitamento dos Esforços Íntimos na luta contra si mesmo em seu mundo interior.

A Energia da Vida é canalizada ao Sistema Nervoso pela Respiração pela Coluna onde o Estudante eleva os vapores sexuais desde as gônadas (testículos/ovários) até o cérebro.

dissolução, ego, instituto ayahuasca, ética, ayahuasca, daimeA Energia sexual no ato erótico entre esposo e esposa quando afastado do orgasmo desenergizante nervoso é direcionada da mesma forma desde as gônadas até o cérebro pela mesa Respiração pela Coluna.

Ira, inveja, orgulho, preguiça, luxúria sexual, gula, avareza necessitam da permissão da pessoa para que habitem a mente, coração e cérebro, se não se entrega esta permissão tornam-se entidades de mau agouro que perderam o hospedeiro.

Muitos deste Elementos são autônomos, possuem vida própria e são colocados nas pessoas por atos de bruxaria, branca ou negra então aconselhamos os Estudantes a se afastarem da mediunidade espírita.

Dentro do Esoterismo Ayahuasqueiro não se dá tanta atenção para o que de pior temos mas sim para o de melhor, entregamos nossa para fortalecer o Essencial em nós retirando o alimento do que temos de pior e os caçamos durante as práticas de Meditação com a Ayahuasca.

Não há como o Estudante ampliar sua Essência Divina (Essência é Atenção), seu princípio de Alma, enquanto não aprenda o que é Essencial dentro de si abandonando seus vícios, sejam eles quais forem.

Pensar, sentir e desejar são vícios da Alma a serem combatidos pelas ações íntegras nascidas da Ética Dissolutiva e direcionadas conscientemente para o enaltecimento como ser humano.

Nas Práticas com a Sagrada Ayahuasca Ela ensina a NÃO pensar, Não sentir, NÃO desejar e este Estado de Consciência (Consciência é Percepção) é para ser mantido durante toda a vida.

Dissolver os vícios da Alma é fundamental é é pela Ética com o auxílio da Força de sua Divindade que se o faz, é um Estado de Percepção (Percepção é Consciência)... Dissolutiva.

________________________________________________________________