PRÁTICAS:

4. Meditação:

ayahuasca, daime, santo daime, viagem astral, astral

A Iluminação Budhista nada mais é que a Luz Ayahuasqueira e é primordial neste Trabalho com as Plantas de Sabedoria que o Estudante aprenda com Elas a MEDITAÇÃO em que cada Luz fornece um Despertar da Percepção (Percepção é Consciência) sendo mister que através das Clarivisões Ayahuasqueiras se chega até a Meditação fixando a imagem entregue pela Professora Chacrona e compreendendo-a para liberar a Consciência dela para mais além do bem e do mal do dualismo dos conceitos mentais dentro daquele "soninho gostoso" vem o Relaxamento então se descobre como parar de pensar sem adormecer, concentrando a Atenção (Concentração) naquilo que é VAZIO para que haja a ILUMINAÇÃO.a Ayahuasca.

Também existem os MANTRANS, os quais se pronunciam uma vez e se aguarda mantendo-se a consciência, porém se sente que irá adormecer fisica ou psicologicamente, pronuncia-se novamente e assim se segue, um mantram conhecido é o GATE, GATE, PARAGATE, PARASAMGATE, BODHI, SVARA, e se pronuncia "Gaaaaaaateeeeeeee, Gaaaaaaateeeeeeeee, Paragaaaaaaateeeeeee, Parasamgaaaaaaateeeeee, Boooooooodhiiiiiiiii, Suaaaaaaaa-Ha!" Também há os KOANS, que são frases enigmáticas à mente, para tanto se utiliza o Koan e em seguida se busca o SILÊNCIO DA MENTE, busca-se manter-se dentro deste Silêncio, e caso a Mente veia a começar a falar, pergunta-se à mente através do Koan, e como a mente só conhece o conhecido, sendo a resposta o DESCONHECIDO DAQUELE INSTANTE, ela se vê obrigada a ficar quieta, a se aquietar, assim se vai aprofundando até que neste silêncio se sai para as Dimensões Superiores do Espaço.

________________________________________________________________

ayahuasca, daime